UMA REDE DE ATIVISMO QUE CONECTA PESSOAS APAIXONADAS
POR GAROPABA E COMPROMETIDAS COM SUA SUSTENTABILIDADE
SOCIAL, AMBIENTAL, ECONÔMICA E CULTURAL,
POR MEIO DA AÇÃO COLETIVA NAS REDES E NAS RUAS.

+ DE 2.900 PESSOAS JÁ PARTICIPAM.

ENTRE VOCÊ TAMBÉM.


Como posso participar?



 
Cadastre-se para entrar na nossa Rede de Alerta e receber novas mobilizações urgentes em Garopaba.

Se você já participou de alguma de nossas mobilizações, já está inscrito para receber novidades. 




Entre para a nossa Rede de Alerta!

0 pessoas acabaram de se inscrever.








Criamos mecanismos para garantir que as vozes da comunidade sejam ouvidas, seja por meio de ações nas redes, como petições e pressão direta em tomadores de decisão, seja em fóruns presenciais para dialogar sobre os temas que importam à vida comunitária. Já fizemos isso em duas situações: para conversar sobre a segurança pública e para pensar em soluções alternativas ao saneamento.


O QUE FAZEMOS

Desenhamos estratégias de mobilização depois de estudar a fundo o problema e possíveis caminhos para solução. Para isso, utilizamos metodologias inovadoras de criação coletiva, tais como design thinking e dragon dreaming, além de metodologias de engajamento, para que nossas ações não apenas apontem as raízes da questão que está sendo discutida, mas também proponham soluções.









Criamos sites de mobilização e toda a campanha de comunicação nas redes sociais. Criamos também ações de envolvimento fora das redes, nas ruas, para produzir o encantamento necessários para nos mobilizarmos em direção às mudanças que queremos.


SOMOS APARTIDÁRIOS



As mobilizações não defendem
agenda político partidária, muito embora possam receber apoio de pessoas
filiadas a quaisquer partidos.
Não aceitamos recursos financeiros públicos ou de partidos políticos.


ATUAMOS DE FORMA EMBASADA


As mobilizações se apoiam em informação de qualidade, têm fontes e referências adequadas e eventuais falhas e erros são prontamente corrigidos por nossa comunidade. Temos compromisso com a correção e verdade dos fatos e com a opinião das populações menos favorecidas pelos canais de diálogo institucionais.


RESPEITAMOS
OS DIREITOS HUMANOS


As mobilizações devem respeitar
os direitos humanos assegurados
na nossa Constitutição Federal e na Declaração Universal dos Direitos Humanos.